Provas Subjetivas: CESPE 2008 STF Analista de Sistemas


Galera, para inaugurar meu blog aqui no World Press, quero disponibilizar um simulado que fiz para responder a prova subjetiva do concurso do STF de 2008 para o cargo de Analista de Sistemas organizado pelo CESPE.

1. O que foi pedido na prova:

imagemstf1

A figura acima, adaptada do sítio ocg.gov.uk, apresenta um esquema empregado na melhoria de serviços de TI. Tomando por base os elementos apresentados, redija um texto em que se esboce um plano de desenvolvimento do órgão de informática de um tribunal federal fictício. No seu texto, aborde, necessariamente, os seguintes aspectos:

  • visão;
  • avaliação da condição atual;
  • definição de metas;
  • realização de melhorias;
  • verificação de alcance de marcos.

2. Como eu respondi:

Para um melhor esboço de um plano de desenvolvimento do órgão de informática do Supremo Tribunal Federal (STF), é aconselhável que o plano seja feito por uma equipe formada por alguns profissionais das áreas que constituem o órgão como as áreas de desenvolvimento de software, suporte, gestão de tecnologia da informação, etc. Para o líder da equipe, o coordenador ou diretor do órgão de informática é o mais indicado, pois é o mais próximo da cúpula administrativa do STF. Com a equipe constituída, ela, nesse momento, poderá construir o plano de desenvolvimento seguindo cinco passos: criação da visão do órgão, avaliação da sua condição atual, definição de metas, realização de melhorias e verificação de metas.

Para facilitar a conquista do primeiro passo, é primordial haver o alinhamento estratégico entre o órgão de informática e o próprio STF. Com o alinhamento, a equipe poderá definir que serviços o STF realmente necessita e como ele serão oferecidos e suportados. Como sugestão, a equipe poderá utilizar os modelos Cobit e Balanced Scorecard (BSC). A segunda fase do plano é a avaliação da condição atual do órgão. Através dela, a equipe poderá possuir informações que mostrem quão longe o órgão está da visão futura definida no passo anterior. O modelo a ser usado nesse estágio pode ser o SWOT que diagnosticará o ambiente tanto externo (oportunidades e ameaças) quanto interno (forças e fraquezas) do órgão.

Uma vez descobertas as informações de aonde se quer chegar e onde se está, a fase seguinte é montar as estratégias para tornar a situação atual na situação futura. É o que equivale exatamente aos três últimos passos do plano, definição de metas, sendo utilizados o Cobit e ITIL com foco nos Fatores Críticos de Sucesso (CSF) e Indicadores Chave de Metas (KGI); realização de melhorias e verificação de alcance metas, também sendo escolhidos os modelos da fase anterior só que o foco agora são nos Indicadores Chave de Desempenho (KPI).

3. Observações:

  • Fiz esse simulado ano passado estudando para o concurso do STJ, portanto pode haver alguns errinhos no uso de alguns modelos (se houver, apontem para eu corrigir); e
  • Fui influenciado pela redação do Flávio Costa (http://apconcursos.blogspot.com/2008/08/discurvisa-stf.html) que inclusive estava excelente.

Bom, se puderem opinar, indicarem onde estou errando e, principalmente, mostrando como posso melhorar minhas redações, ficarei muito agradecido! 😀

[]s

4 comentários em “Provas Subjetivas: CESPE 2008 STF Analista de Sistemas

  1. Olá
    Eu não ousaria criticar a sua resposta, mas gostaria de parabenizá-lo pela iniciativa do Blog e sua constante participação nos foruns e sites preparatórios para concursos.
    Estou nesta mesma luta

  2. Valeu, Francisco!

    Fico feliz em poder, de alguma forma, ajudar nossa comunidade de candidatos aos cargos de TI.

    Quero melhorar, a cada dia, meus posts para que todos possam acessar e aprender algo.

    Abraços e espero sempre que acompanhe meu blog.

  3. ola sua resposta foi excelente,vc tem alguma dica q eu possa fazer a respeito de uma redação ,pois este mes ,mais exato dia 13/09 estarei efetuyando uma prova em Brasilia,e ñ sou muito bom em redações,e sei q contam muitos pontos,será q poderia me dar algumas dicas,parabens e aguardo uma sugestão.

  4. Sei que este post já está um pouco antigo, mas gostaria de fazer algumas observações sobre sua redação. Por favor, considere como a opinião de um colega que se encontra na mesma luta que você.. 😉

    Bom, primeiro, eu não utilizaria o nome do STF na redação, visto que no enunciado dizia “um tribunal federal fictício”. Seria mais pertinente utilizar o termo *tribunal* ao invés de STF.

    No último parágrafo, você escreveu: “Uma vez descobertas as informações de aonde se quer chegar e onde se está”. Para que você tenha um texto mais coeso, sugiro que inverta a posição das premissas e, neste caso, não cabe o uso de “aonde”, pois não existe a preposição “a” antes de onde neste caso.

    Por fim, no fim do texto você escreveu “(…) fase anterior só que o foco agora são nos (…)”. Eu seria mais formal e evitaria o uso de “só”. Reescrevendo, ficaria: “(…) fase anterior, porém tendo como foco os (…)”.

    No mais, achei legal sua redação. Gostei muito do seu blog também. 😀

    []’s, Deus abençoe!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: